Novidades

Escute, na íntegra, a entrevista de Rosana Lanzelotte para o programa Les traverses du temps, de Marcel Quillévéré, na rádio francesa France Musique (janeiro de 2013)    


Reportagem do Jornal do Commercio de agosto de 2012 Dirigido por Rosana Lanzelotte, o Circuito BNDES Musica Brasilis teve a sua terceira edição em 2012, com 10 apresentações no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Manaus e Salvador. Segue a entrevista concedida ao Jornal do Commercio, publicada em 24 de agosto de 201 O que você destacaria como as principais as novidades para a terceira edição do Musica Brasilis? Nessa terceira edição do Circuito BNDES Musica Brasilis, queríamos estreitar o laço entre os repertórios e os ápices dos ciclos econômicos: açúcar, ouro, diamantes, café, borracha. Quando há riquezas materiais, a produção

Leia Mais »


Tamara Menezes Reprodução da ISTO É  de 6/6/2012 Rosana Lanzelotte fez a curadoria da exposição interativa Rio Música, em cartaz no Centro de Referência de Música Carioca, na Tijuca. Segue a matéria publicada pela revista Isto É. “Foi-se o tempo em que museu significava um lugar austero, no qual apenas o olhar era privilegiado. Seguindo a tendência da nova safra de espaços culturais que usam a tecnologia para envolver todos os sentidos do visitante, o Centro de Referência da Música Carioca, situado na zona norte do Rio de Janeiro, só tem de antigo o seu prédio. Funcionando em um palacete

Leia Mais »


Em 2013, comemora-se 150 anos do nascimento de Ernesto Nazareth. Toda a sua obra para piano está acessível pela web desde 2009, por iniciativa da cravista Rosana Lanzelotte, premiada no edital Natura Musical. A cravista gravou também o CD Nazareth – para o selo Biscoito Fino – com inéditas do compositor, que pode ser adquirido através do iTunes. A partir do resgate da obra de Nazareth, Rosana criou o site Musica Brasilis (www.musicabrasilis.org.br), voltado para o resgate e difusão de partituras de compositores brasileiros de todos os tempos e gêneros. Com mais de 2000 acessos mensais, o site tornou-se uma

Leia Mais »


A estada do compositor austríaco Sigismund Neukomm no Brasil entre 1816 e 1820 é um dos capítulos mais singulares da Historia da Música no Brasil. Esse conterrâneo de Mozart, contemporâneo de Beethoven, e como este, aluno e amigo íntimo de Joseph Haydn – de quem foi o executor testamentário- chega no Brasil com uma bagagem musical quintessencialmente vienense, no extremo oposto da tradição operística italiana -notadamente a da escola napolitana então dominante no mundo luso-brasileiro -, cujo representante máximo em Portugal era a figura do compositor Marcos Portugal. O ambiente musical que Neukomm encontra no Rio era marcado pela presença

Leia Mais »


Desde o momento em que soube que o ano de 2005 seria o Ano do Brasil na França, em fevereiro de 2003, comecei a imaginar um projeto em torno da música na época da Missão Artística Francesa, que chegou em 1816 ao Brasil. A corte de D. João VI estava bem servida por músicos do quilate de José Maurício Nunes Garcia e Marcos Portugal, quando aqui chega, logo após a Missão Artística, o austríaco Sigismund von Neukomm (1778 – 1858). Aluno predileto de Haydn, Neukomm residiu no Brasil entre 1816 a 1821, período durante o qual compôs 45 obras, e foi

Leia Mais »


Cavaleiro dos Sons Neukomm – o criador da música de câmara no Brasil Sigismund Neukomm (1778 – 1858), o aluno predileto de Haydn, é quase um desconhecido, apesar da qualidade de sua música e do sucesso de que desfrutava em sua época. Viajante incansável, trocou o país natal, a Áustria, pela França, passou pelas principais cortes européias, antes de chegar ao Brasil em 1816. A constante itinerância talvez explique o esquecimento: é praticamente igno-rado pelas histórias da música da Áustria e da França, país onde residiu a maior parte da vida. Para os brasileiros, sua obra é primordial e desperta

Leia Mais »